segunda-feira, 28 de março de 2016

O QUE É PSICOMOTRICIDADE E QUAIS SÃO AS SUAS BASES PSICOMOTORAS


O QUE É PSICOMOTRICIDADE E QUAIS SÃO AS SUAS BASES PSICOMOTORAS

O QUE É PSICOMOTRICIDADE?

Por Jacira C. da Costa
        

          Na clínica, ela pode ser uma terapia de intervenção e estimulação que contribui para uma melhor organização do desenvolvimento neuropsicomotor humano (Motor, Cognitivo e Afetivo).


 

A Psicomotricidade pode ser feita em atividades individuais (Foto by: Domínio Público)
 
Não podemos entender o movimento humano sem pensar no conjunto de relações que se estabelecem entre o indivíduo e o meio no qual ele se desenvolve. Controlar o corpo para dominar o meio ambiente, conhecer o meio ambiente para poder vivê-lo corporalmente é a via dupla que seguimos quando pretendemos ajudar a criança a organizar a sua motricidade.” (ARRIBAS, 2002, Pág. 61) 

 

 

 

COMO A PSICOMOTRICIDADE PODERÁ CONTRIBUIR NA INTERVENÇÃO, PREVENÇÃO E ESTIMULAÇÃO DA CRIANÇA?

          Trabalhando a sua contextualização dentro do processo terapêutico do pensar (cognitivo), agir (motor) e representar/ expressar (emotivo) através dos fatores psicomotores de base para que ela possa se beneficiar através dessas práticas, crescendo e se desenvolvendo como um todo.

(Menino Vitruviano)
 
         Para LeBoulch, o cognitivo está ligado ao saber fazer ou ao pensar. O afetivo está ligado ao querer fazer ou sentir. E o motor está ligado ao poder fazer ou agir. 

         A educação pelo movimento visa conjugar os fenômenos motores, intelectuais e afetivos, garantindo ao homem melhores possibilidades na aquisição instrumental e cognitiva, bem como na formação de sua personalidade.” (COLLELLO, 1995, pág. 23; In: MATTOS e NEIRA, 2000, Pág. 19). 

QUAIS SÃO OS FATORES PSICOMOTORES DE BASE?

          De acordo com a literatura seriam:
a)    Tônus (Postura e Equilíbrio)
b)   Noção do corpo (Imagem e Esquema Corporal) *Ver postagem de 05 de julho de 2015)
c)    Dominância Lateral
d)   Estruturação e Organização Espacial
e)    Estruturação e Organização Temporal (Ritmo, por exemplo
f)     Coordenação Motora Ampla
g)    Coordenação Motora Fina

          A Psicomotricidade é um convite para se compreender o que a criança expressa sobre seu mundo interno pela via da motricidade em que se capta o sentido dos comportamentos, através do acompanhamento das atividades lúdicas dessa criança, onde todas se beneficiam de suas práticas. (AUCOUTURIER, 2007). O AGIR deve condizer com o PENSAR.



A Psicomotricidade pode ser feita através de atividades em grupo (Foto by CONTI outra artes e afins)
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
1)    AUCOUTURIER, B. O Método Aucouturier – Fantasmas de ação e prática psicomotora. (2007). São Paulo: Ed. Ideias&Letras.
2)    FONSECA, V. da. Manual de Observação Psicomotora: significação psiconeurológica dos fatores psicomotores. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.
3)    LE BOULCH, I.  O Desenvolvimento Psicomotor: Do Nascimento aos 6 anos (A Psicocinética na Idade Pré-Escolar) 7ª Ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1982 (2001)
4)    LLEIXÀ ARRIBAS, T. A Educação Física de 3 a 8 anos. 7ª Ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.
5)    MATTOS, M. G. de & NEIRA, M. G. Educação Física Infantil: Construindo o Movimento na Escola. 3ª Ed. São Paulo: Phorte 1999 (2000).

6) COSTA, J. C. da. A Educação Física Escolar Integrando a Aprendizagem utilizando a Psicomotricidade como uma Proposta de Trabalho Pedagógico no Ensino Fundamental. IN: FERREIRA, C. A. de Mattos. Psicomotricidade Escolar, Rio de Janeiro: Wak Ed., 2008, Capítulo 11.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário